domingo, 16 de maio de 2010

Cansei de ser assim.

Ser e não parecer. Parecer e não ser. Não sei bem o que era melhor, mas lembro muito bem da minha professora de literatura explicando os conflitos entre o "ser" e o "parecer" nas obras de Machado de Assis.

Não sei porque, mas me lembrei disso hoje. Talvez porque eu tenha uma impressão de que todos sempre esperam demais de mim. Esperam que eu seja a boazinha, a sempre correta, aquela que não erra. Porque eu pareço ser assim.

E talvez o erro seja meu mesmo. Que me esforcei tanto para viver e atender às expectativas dos outros. Às expectativas malucas dos outros, pra falar a verdade. Expectativas daqueles que esperaram que eu fosse melhor do que eles próprios...

Me esforcei pra parecer a vida inteira aquilo que não era. Caí no erro fundamental: nunca soube abraçar e aguentar o peso das minhas escolhas. A saída mais fácil era sempre fazer as escolhas que agradassem à maioria. E foi esse o caminho que eu peguei. O mais curto, o mais fácil.

Por isso hoje eu venho aqui, de peito aberto e digo:

Não esperem nada de mim. Eu sou tão errada quanto qualquer um. Tão humana quanto qualquer um. E não espero que isso justifique meus erros injustificáveis...
Só espero que, quando eu errar, ninguém diga:
Nunca esperei isso de você.

Esperem qualquer coisa. Boa ou ruim. Estejam preparados. Porque eu cansei de ser assim. Cansei de viver sob a loucura de terceiros.

Se for pra viver de acordo com as expectativas de alguém, que sejam as minhas. Porque no fim, sou eu que vou sentir o peso da vida que tive.

Dave Matthews Band - The Stone
I've this creeping
Suspicion that things here are not as they seem
Reassure me
Why do I feel as if I'm in too deep?
Now I've been praying
For some way to show them
I'm not what they see
Yes, I have done wrong
But what I did I thought needed be done
I swear

Oh, Unholy day
If I leave now I might get away
Oh, but this weighs on me
As heavy as stone and as blue as I go
I was just wondering if you'd come along
Hold up my head when my head won't hold on
I'll do the same if the same's what you want
But if not I'll go
I will go alone
I'm a long way
From that fool's mistake
And now forever pay
No, run
I will run and I'll be ok
I was just wondering if you'd come along
Hold up my head when my head won't hold on
I'll do the same if the same's what you want
But if not I'll go
I will go alone
I go a long way
To bury the past for I don't want to pay
Oh, how I wish this
To turn back the clock and do over again
Now I'm just wondering if you'd come along
Hold up my head when my head won't hold on
I'll do the same if the same's what you want
But if not I'll go
I will go alone

I need so
To stay in your arms, see you smile, hold you close
And oh it weighs on me
As heavy as stone and of bone chilling cold
I was just wondering if you'd come along
Tell me you will.

e tenho dito.



Um comentário:

Maria disse...

é isso aí! apoiada! e as pessoas continuaram te amando, pq vc é assim!! :)